Um voo que seguia de Manchester, na Inglaterra, até Málaga, na Espanha, teve que ser desviado emergencialmente após um passageiro de 84 anos sofrer um mal súbito no coração. Em pouco tempo, o piloto identificou o aeroporto de Nantes, na França, como o mais próximo ,e foi capaz de desviar e pousar em segurança em apenas 20 minutos, mas, ainda assim, o idoso não resistiu e morreu.

O caso aconteceu durante uma viagem operada pela RyanAir, em 16 de julho, num Boeing 737. De acordo com o telejornal Manchester Evening News, um membro da equipe de bordo, com a ajuda de dois passageiros, profissionais de saúde, chegou a fazer massagem cardíaca durante a aterrissagem de emergência e a usar desfibrilador para que a equipe médica, já de prontidão no solo, pudesse atendê-lo.

Os paramédicos fizeram esforços de ressuscitação por 15 minutos, mas não conseguiram salvar a vida do homem, que não teve a identidade revelada. Segundo a imprensa local, ele seria de Manchester e viajava na companhia de um filho e dois netos.

Os passageiros ficaram bastante abalados com a situação. A companhia aérea deu continuidade ao voo após o incidente e divulgou declaração à imprensa: “A Ryanair estende suas mais profundas condolências aos enlutados e está prestando toda a assistência necessária.”

 

Fonte: UOL
Foto: Reprodução/unsplash