O Clube do Remo encerrou o jejum sem vitórias após sete jogos e venceu de virada o Brusque-SC pelo placar de 2 a 1 no Estádio Baenão, em Belém, na noite desta quarta-feira (14). Com o resultado, o Leão chegou aos 10 pontos e saiu da zona de rebaixamento, assumindo a 15ª colocação. O Brusque caiu duas posições e estaciona em 13º da tabela de classificação. Felipe Gedoz e Marcos Júnior marcaram para os remistas e Rafael Jansen, contra, anotou para os catarinenses.

Os azulinos mandaram na partida, principalmente quando o atacante Victor Andrade, que estreava, estava em campo. O Filho da Glória e do Triunfo dominava as ações do jogo, teve um pênalti não assinalado aos 47 minutos da primeira etapa e via um adversário sem poder ofensivo, apesar de contarem com Edu, artilheiro da segundona.

Rafael Jansen, que substituía Romércio e fazia uma partida muito segura, teve a infelicidade de fazer o gol contra. As mudanças deram uma nova dinâmica para a equipe de Felipe Conceição. O volante Arthur mudou a cara do time depois de entrar no lugar de Erick Flores. O time conseguiu a virada com Gedoz e Marcos Júnior, que fazia sua estreia com a camisa azulina. Vitória merecida!

Primeiro Tempo:

O Leão mudou a postura que foi vista nos últimos jogos e entrou buscando o gol desde o primeiro lance, quando Dioguinho recebeu cruzamento e cabeceou. Apesar da bola ter ido longe, já foi a primeira finalização dos azulinos na primeira etapa com menos de um minuto, coisa que não se viu nos 45 minutos do confronto contra o Vila Nova-GO, na última quinta-feira.

O jogo seguiu e as equipes se estudavam. Muitas trocas de passe de ambos os lados e chutes de longe para aquecer os goleiros. O Remo foi tomando conta das ações e passou a dominar o rival. Victor Andrade, que ganhou vaga de titular de Renan Gorne, era quem puxava as melhores jogadas azulinas com lances individuais. Aos 14 minutos, o novo camisa 9 fez bela jogada passando por dois marcados e tirou tinta da trave após mandar uma bomba contra o gol de Zé Carlos.

Aos 18 minutos, Dioguinho tentou uma bicicleta e caiu de mau jeito. O camisa 7 deixou o campo com suspeita de fratura no braço direito. Wallace entrou no lugar e o Clube de Periçá seguiu mandando na partida. Sempre com Victor Andrade buscando ir para cima da marcação. Os remistas trocavam bons passes e chegavam rápido ao ataque. Mas faltava caprichar na conclusão das jogadas e precisava mais de Gedoz, que atuava como um falso nove.

Pelo lado dos catarinenses, destaque para o jogo faltoso. Só na primeira etapa foram quatro cartões amarelos. Vinícius pouco trabalhou no gol azulino e os chutes que foram até ele saíram fracos. No último lance, aos 47, Victor Andrade chutou e a bola explodiu no braço do zagueiro. Juiz mandou seguir. No geral, um bom primeiro tempo da equipe do técnico Felipe Conceição, que conseguiu dar maior dinâmica no jogo azulino.

Segundo Tempo:

Os azulinos voltaram como terminaram os primeiros 45 minutos: pressionando o Brusque e buscando o gol sempre com Victo Andrade. No entanto, a equipe paraense mostoru cansaço e deixava a zaga exposta, mostrando lentidão nas recomposições. Aos 8 minutos Thiago Alagoano perdeu grande chance e aos 11 Garcez também desperdiçou chance. Ambos livres na grande área.

Se os jogadores do Brusque estavam sem pontaria, Rafael Jansen mostrou estar em dia, só que balançou as redes do lado errado aos 16 minutos. Após cruzamento de Bruno Alves, o zagueirão, que fazia uma partida impecável, mandou contra a própria meta e abriu o placar no Baenão. O goleiro Vinícius nada pode fazer para evitar. Minutos antes, Victor Andrade deixava o campo.

O Leão se atirou para o ataque. Felipe Conceição tirou um volante, Lucas Siqueira, e colocou Renan Gorne. O Brusque recuou na espera do contra-ataque para matar a partida, mas viu Arthur criar boa jogada, Wallace tocar para trás e Gedoz deixar tudo igual. E não demorou muito para a virada. Marcos Júnior, que estreava, aproveitou desviou no primeiro pau e marcou o gol que tirou os azulinos da zona de rebaixamento.

Próximos compromissos:

O Remo vai até o Moisés Lucarelli, em Campinas-SP, encarar a Ponte Preta. A partida acontece no próximo sábado (17), às 18h30, em jogo válido pela 12ª rodada da Série B do Brasileiro. Já o Brusque-SC recebe o Botafogo-RJ no Estádio Augusto Bauer, também no sábado, em Santa Catarina. O confronto está marcado para às 19h

 

 

 

 

 

Fonte: DOL
Foto: Futebolizando