A realidade no Pará é outra desde que os investimentos em segurança e em ações sociais, que envolvem educação, cultura, qualificação profissional e lazer, foram implementados para diminuir a criminalidade e manter a paz social em todo o Estado. Este é o 21º mês consecutivo em que há queda da criminalidade no Pará. Na Região Metropolitana de Belém, onde os esforços foram concentrados para realizar o monitoramento e provar a sua eficácia, a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais, que somam os casos de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, no mês de setembro alcançou 31%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (8), pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

“Nós tínhamos a missão de mudar a realidade dos paraenses que viviam em um dos piores cenários nacional da criminalidade. No primeiro ano, reduzimos em 30% os índices de crimes letais contra a vida e, agora, o desafio é diminuir cada vez mais. Reconhecemos o esforço de todas as instituições que fizeram com que o resultado fosse alcançado e somos cientes de que ainda é possível fazer mais. Por isso, estamos elaborando o plano estadual de segurança pública e levando ações e projetos exitosos para o interior paraense” – Ualame Machado, secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social.

Além disso, o titular da Segup destacou o início da formação de novos agentes de segurança e a realização dos concursos da Polícia Militar e da Polícia Civil, em andamento, já com as bancas organizadoras definidas, que totalizarão quase 4 mil homens e mulheres disponíveis para o sistema de segurança pública.

Dados

No ano passado, 45 registros de CVLI foram computados e, neste ano 31, com 14 casos a menos. Nos últimos dez anos, esse foi o melhor mês de setembro na RMB. O índice de homicídio reduziu 23%, com 40 e 31 ocorrências computadas no período, dos anos de 2019 e 2020, resultando na preservação de 9 vidas.

O roubo caiu 19% na RMB, em setembro. O total de ocorrências registradas no ano passado foi de 4.208 e, em 2020, resultou em 3.395, com a redução de 813 roubos. O mês de setembro deste ano foi o que teve o menor número de registros ao comparar todos os meses de setembro, desde o ano de 2010.

Janeiro a setembro – Os Crimes Violentos Letais Intencionais tiveram uma diminuição de 38%, nos noves meses do ano, na Região Metropolitana. Foram computadas 571 ocorrências no ano passado e 352, em 2020, preservando, assim, 219 vidas. O crime de homicídio reduziu 37% ao comparar o período de janeiro a setembro de 2019 e 2020, na RMB. Foram computados 528 e 331 casos, ano passado e este ano, respectivamente, havendo, portanto, a diminuição de 197 ocorrências, na RMB.

Em toda a RMB, no período de janeiro a setembro, houve queda de 33% no número de roubos. Foram 39.272 ocorrências em 2019 e 26.390 em 2020, totalizando a redução de 12.882 registros.

Pará – Ao comparar o mês de setembro de 2019 com o mesmo período deste ano, observou-se a diminuição de 20% em crimes envolvendo CVLI, com 217 casos computados no ano passado e 174 em 2020, resultando em 43 crimes a menos. Comparando todos os meses de setembro, desde 2010, o último mês computou menos ocorrências de crimes violentos. Ao comparar setembro de 2020 com setembro de 2018, a redução alcança 47%, com a redução de 157 registros, quando 331 crimes ocorreram.

O número de homicídios reduziu 16% ao comparar o mês de setembro de 2019 e 2020. Ano passado, 202 ocorrências foram computadas e, este ano, 169, com 33 crimes a menos.

Roubos – Os casos de roubos, em setembro, apresentaram uma diminuição de 19%, com 1.368 casos a menos, no Estado. No ano passado, foram 7.116 registros computados e 5.748 em 2020. Setembro deste ano foi o melhor mês, com menos ocorrências, ao comparar com o novo mês dos anos anteriores. O roubo a transeunte diminuiu 21%, com 5.714 casos em 2019 e, neste ano, 4.497, apontando uma diferença no número absoluto de 1.217 registros a menos, no Pará. O roubo de veículos caiu 55%, com 184 casos a menos, comparando setembro dos anos de 2019 e 2020, com 333 e 149 registros, respectivamente, em todo o Estado.

Acumulado – A Segup constatou, também, a redução de 23% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que reúne homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. O levantamento compara as ocorrências registradas de janeiro a setembro dos anos de 2019 (2.240 crimes foram computados) e 2020 (1.714 registros foram contabilizados). Nesse período, 526 vidas foram preservadas.

Houve a diminuição, também, no número de homicídios, que caiu 24%. No ano passado, de janeiro a setembro, 2.111 ocorrências foram computadas. Em 2020, o total foi de 1.611, ou seja, 500 registros a menos. O roubo diminuiu 28%. No ano passado, 65.021 ocorrências foram contabilizadas e, este ano, no mesmo período, foram 46.926, o que resulta em 18.095 casos a menos.

Feminicídio

O crime de feminicídio registrou, no ano passado, 33 ocorrências e, neste ano, 55, em todo o Estado. Para fazer denúncias sobre esses tipos de crimes e outras formas de violência, qualquer pessoa pode enviar mensagens para o WhatsApp do Disque Denúncia (91) 98115-9181 ou ligar para 181. Se precisar de atuação policial imediata, basta acionar o Centro Integrado de Operações (Ciop) – 190.

 

 

Fonte: Ascom PMPA
Foto: Ascom PMPA