O técnico Mazola Junior teve sua primeira derrota ao comando técnico do Remo e ela veio da pior forma: no clássico contra o Paysandu por 2 a 1, nesta quarta-feira (2). O resultado deixa o Leão atrás na decisão pelo título do Campeonato Paraense.

Papão vence o clássico e larga na frente na final

Apesar da derrota, o treinador garante que o time vai “mordido” para o jogo final do próximo domingo (6). “Desconcentramos muito após o gol de empate e que custou a derrota muito amarga. Isso vai deixar todo o grupo mordido para o jogo de domingo e a final ainda não acabou”, avalia.

O revés no placar trouxe um prejuízo com a saída de Eduardo Ramos, que teve uma lesão no tornozelo e isso poderá provocar mudanças no time, onde o Leão vai buscar reverter a vantagem para ser campeão paraense.

“Acredito que o Paysandu não vai mudar. Devemos ter alterações pois a lesão do Eduardo é grave e vamos ver os atletas como vão reagir com três dias de treino e que a final ainda está em aberta”, conclui.

O Remo volta a treinar nesta quinta-feira (3), a tarde visando o jogo decisivo no domingo que vale o título do Parazão 2020.

Fonte: DOL
Foto: Samara Miranda/Remo